Temporada 2016 da Paixão de Cristo é aberta oficialmente com muita emoção

18_03_2016_Paixão_de_Cristo_Foto_Adriano_Monteiro-6626
A multidão segue todos os passos de Jesus, interpretado por Igor Rickli.  Foto: Adriano Monteiro

 

“A energia daqui é incrível. Você entra aqui e já é transportado para aquela época. Já é impactante e emocionante. Se você está disponível, se você consegue deixar as emoções entrarem em você, você devolve coisas boas pro público”,  disse Antônio Calloni. Dessa maneira o ator que interpretou Herodes, fez um resumo de como boa parte das pessoas que participaram da primeira apresentação da Paixão de Cristo 2016 se sentiram. A pré estréia aconteceu nesta sexta-feira  (18), no maior teatro ao ar livre do mundo, localizado em Nova Jerusalém, no Brejo da Madre de Deus, agreste de Pernambuco.

Este ano as apresentações para o público iniciam neste sábado (19) e seguem até o próximo dia 26. No papel principal, o de Jesus, o ator Igor Rickli. O elenco ainda conta com os nomes de Odilon Wagner como Pilatos, Bianca Rinaldi interpretando Maria, Fiuk no papel de João e Carolina Correa como Maria Madalena.

(Foto: Laís Florêncio)
(Foto: Laís Florêncio)

Quem esteve presente também na pré estréia foi o governador Paulo Câmara, seu vice Raul Henry, o secretário de Turismo Felipe Carreras, além do secretário de Cultura Marcelino Granja e convidados, como Renata Campos, acompanhada dos filhos.

Muita emoção tomou conta da apresentação que começou pontualmente as 18h e se encerrou após as 20h. Um dos momentos mais marcantes do espetáculo veio com a crucificação de Jesus. Mesmo com as falas gravadas, o ator Igor Rickli fez uma interpretação linda de Jesus, e emocionou a todos, chegando a arrancar lágrimas de algumas pessoas da platéia. Uma novidade na encenação de 2016, é que logo após sua ressurreição, um drone com uma luz azul representa a alma de Cristo indo aos céus.

18_03_2016_Paixão_de_Cristo_Foto_Adriano_Monteiro-7367
Letreiro servirá de cenário para fotos de visitantes e é apenas uma das mudanças. Foto: Adriano Monteiro

Além disso, a estrutura das muralhas também conta com uma novidade. Um letreiro em frente a elas, com o nome “Paixão de Cristo”, foi inaugurado ontem, antes da apresentação, por um dos organizadores do evento, Robson Pacheco e pelo governador Paulo Câmara.

(Foto: Edmea Ubirajara)
(Foto: Edmea Ubirajara)

Após a apresentação, que foi incrível, exceto por um pequeno probleminha no som na cena do Bacanal de Herodes que foi logo solucionado, conversamos com alguns dos atores. Antonio Calloni, além de destacar a energia que sentiu lá contou como foi ensaiar durante a semana em baixo de chuva. “Ensaiar na chuva foi diferente, mas precisamos estar preparados para os imprevistos. Tudo isso faz parte. O importante é saber lidar com isso, gosto muito do imprevisível e do erro. O erro faz parte da humanidade, precisamos saber lidar com eles e sair da melhor forma dessas situações”, contou.

(Foto: Edmea Ubirajara)
(Foto: Edmea Ubirajara)

Já Odilon Wagner, que tem em seu papel diversas frases emblemáticas, contou que vê na frase ‘lavo minhas mãos’ uma reflexão. “Quantas vezes nós não lavamos as mãos no nosso dia a dia? O Pilatos deixa essa reflexão pra gente, ele era egoísta, mas deixou isso pra gente refletir. Às vezes passamos na rua, tem um morador de rua, a gente fala que ele é coitadinho, mas passamos reto e não fazemos nada pra mudar aquela realidade. Então, temos que refletir quantas vezes nós lavamos nossas mãos para várias questões”, enfatizou.

Pela primeira vez atuando na cidade teatro, Fiuk era só alegria com a apresentação e pura expectativa para a temporada. “Me sinto abençoado com esse papel. Todo mundo daqui me recebeu muito bem . Nas pessoas daqui vi algo muito difícil de encontrar, generosidade”, disse.

(Foto: Edmea Ubirajara)
(Foto: Edmea Ubirajara)

Fiuk também revelou uma trava para o teatro que teve que superar para interpretar João. “Sempre sonhei fazer teatro, mas eu precisava me sentir preparado pra isso. Acho que essa foi a maior dificuldade, passar por cima dessa trava e dar meu melhor”, afirmou.

 

 

 

(Foto: Edmea Ubirajara)
(Foto: Edmea Ubirajara)

E quem também estava feliz com o resultado da apresentação nesta primeira noite foi a atriz Bianca Rinaldi, que deu vida a personagem Maria. Seu personagem, além de ter uma carga dramática grande, ainda o carrega o peso de ter sido interpretado por grandes atrizes como Suzana Vieira. Questionada se ela queria deixar sua marca no papel, Bianca disse estar tranqüila, por que isso vinha naturalmente. “Na verdade o público é quem deve identificar. Eu não quero deixar a minha marca, quero fazer ele da melhor forma, para que quem veio assistir saia emocionado e tocado assim como eu que sou encantada com a história e estou muito feliz em fazer esse papel”, afirmou.

18_03_2016_Paixão_de_Cristo_Foto_Adriano_Monteiro-6713
Igor Rickli deu um show de interpretação, se entregando totalmente ao personagem. Foto:

Igor Rickli também foi destaque na noite de pré estréia. O ator demonstrou muita simplicidade e cumplicidade com o elenco todo e a cada cena, demonstrava estar muito a vontade com o personagem. Igor interpreta Jesus, em Nova Jerusalém pela segunda vez consecutiva, porém essa já é a terceira vez que conta a história do Messias nos palcos.

A noite de espetáculos para o público começa neste sábado (19) e todas as informações sobre horários, ingressos entre outros detalhes podem ser obtidas no site da apresentação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s