Música brega em Pernambuco é tema de livro

A música que emerge das periferias recifenses e ganha cada vez mais espaço nas rádios e festas pelo estado mereceu uma publicação incentivada pelo Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura. O livro “Ninguém e Perfeito e a Vida é Assim: a música brega em Pernambuco” será lançado nesta quarta-feira, 23 de agosto, no Recife.

Fotógrafo Chico Ludermir e professor Thiago Soares. Foto: Eric Gomes

Autor da publicação, o jornalista, professor e crítico cultural Thiago Soares defende que “é preciso fazer movimentos cada vez mais contínuos de narrar histórias das bordas, das margens, com ética e preceitos científicos”. “Tento o tempo todo questionar o olhar moralista sobre o brega, que o enxerga apenas como ‘música sexualizada’ e não como sintoma da vida periférica, cheia de contradições (sexualização infantil, criminalidade, mas também alegria e diversão)”, explica Thiago.

Editado por Outros Críticos, o livro conta ainda com imagens do fotógrafo Chico Ludermir, que registrou bregas da Zona Sul à Norte do Recife. Com prefácio do Prof. Dr. Micael Herschmann, autor do estudo Abalando os anos 90: funk e hip-hop, globalização, violência e estilo cultural, o novo livro de Thiago Soares concilia textos jornalísticos e acadêmicos, escritos entre os anos de 1990 e a atualidade. Compreende, inclusive, os diversos atravessamentos e novos entendimentos que o autor descortinou com o passar dos anos e audição da música brega, comum a Thiago desde a sua infância classe média na Região Metropolitana do Recife, em Jaboatão dos Guararapes.

“Enxergo este livro como um movimento político dentro da Academia, que sempre foi elitista, segregacionista, branca e marcadamente masculina e heterossexual”, pontua Thiago. De acordo com o autor, o livro aborda ainda os diversos prismas do gênero: a estética musical (com heranças da música cafona/romântica dos anos 1970, passando pelos ritmos caribenhos do tecnobrega paraense e também pelo forró das bandas mainstream), a noção de cidadania cultural que a música traz para sujeitos subalternos, e até mesmo os embates de gênero
(masculinidades e feminilidades em atrito nas canções e performances).

SERVIÇO
Livro Ninguém é Perfeito e a Vida é Assim: a música Brega em Pernambuco
(190 p., R$ 15), de Thiago Soares.
Mais:
Exposição fotográfica de Chico Ludermir;
Exibição do curta “Estás vendo coisas”, de Bárbara Wagner e Benjamim de Burca;
Debate com Jeder Janotti Jr., Fernando Fontanella, Chico Ludermir e Thiago Soares.
23 de agosto, quarta-feira, às 19h, no Sexto Andar (Edifício Pernambuco – Av. Dantas Barreto, 324, Santo Antônio).
Acesso gratuito.

Fonte: CulturaPE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s