Fenagreste: 55 mil pessoas e movimentação financeira de 1,5 milhão

Uma maratona de lançamentos de livros, palestras, mesas-redondas, oficinas, contações de histórias, espetáculos de teatro e shows. A segunda Feira Nacional do Livro do Agreste (Fenagreste) consolidou-se como evento de sucesso do calendário cultural de Caruaru, com recorde de público, estandes e movimentação financeira. O evento encerrou-se, neste domingo, com show do forrozeiro Maciel Melo. Antes dele, o jornalista Francisco José bateu um papo descontraído com a plateia sobre sua vasta experiência como repórter especial premiado, autor de matérias televisivas que marcaram a historia da televisão brasileira.

Da manhã de terça-feira à noite do domingo, a Fenagreste atraiu 55 mil visitantes, que acompanharam uma programação variada, voltada aos mais diversos perfis de público: da garotada que se divertiu a valer no Dia das Crianças com Tio Bruninho, Os Saltimbancos e dezenas de contações de histórias; aos professores, que conferiram os ensinamentos do educador Celso Antunes, entre outras palestras voltadas a eles. Isso sem falar na turminha geek, que curtiu festa halloween, concurso cosplay e espaço game.

Realizada novamente pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e a Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros), com apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Educação do município, a Fenagreste já tem data para acontecer em 2018.

A terceira edição da Fenagreste deverá ocorrer de 8 a 12 de agosto, novamente, no Espaço Cultural Tancredo Neves, onde este ano foram montados 63 estandes, duas salas de eventos, lounge, tenda infantil, arena de games e palco principal.

Além do citado cordel Romeu e Julieta encenado por Aramis Trindade, a Feira Nacional do Livro do Agreste teve como convidados os jornalistas Geraldo Freire e Francisco José, ao lado de Maciel Melo e do escritor Raimundo Carrero, proferindo a sua oficina literária.

A segunda edição da Fenagreste homenageou o escritor caruaruense José Condé, por ocasião do seu centenário, e contou com a participação de entidades locais, como o Instituto Histórico de Caruaru.

Fonte: Mia Comunicação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s